21
set
14

India

Finalmente India!
Calma caro leitor! Não pirei na little potato! Estar na India fazia parte dos meus planos desde 2013. Foi tudo parte de um plano friamente calculado.
Como já é sabido, em 2012-2013 estive em Nova Iorque estudando através do Ciência sem fronteiras. Lá conheci diversas pessoas e fiz alguns amigos e contatos. Através de um professor que tive por lá (Dr. Carlos Teixeira) consegui uma oportunidade de estagiar em um dos maiores escritórios de Design da India – IDIOM, localizado em Bangalore.
Sendo assim, foi apenas uma questão de tempo e planejamento – economizei o máximo de dinheiro possível da bolsa para ter uma reserva para viagem e ao voltar para o Brasil, me formei o mais rápido possível e BAM! Cá estou, de Bangalore, fim de expediente, escrevendo essas humildes e sinceras palavras.

Estou na India aproximadamente uma semana e já pude me familiarizar melhor com o local e o ritmo das coisas. Aqui é tudo muito frenético, especialmente no escritório. Aqui se trabalha dois sábados por mês e é perfeitamente normal se trabalhar mais do que a jornada diária. A IDIOM possui uma demanda gigantesca (por volta de 35 projetos acontecendo simultaneamente) para uma equipe de aproximadamente 80 pessoas. A empresa é bem multidisciplinar e é focada em Design – Research, Branding, Retail, Interior, Graphic, Product, Communication e outros tipos de design que ainda não descobri. Ainda irei aprender muito sobre a empresa nos próximos meses. 1 semana de trabalho e já aprendi um bocado de coisas.

Minha rotina está ótima. Acordo todo dia as 6 da manhã, caminho um pouco, compro café da manhã (a comida é simplesmente sensacional) e vou para o escritório. Sim, aqui se come com a mão na maioria dos locais e também se acha carne de boi! A região que estou se chama Karnataka e é parte do sul da india, com predominancia católica. É bem comum achar igrejas (umas bem bonitas) por aqui.

Sempre acabo sofrendo BULIM no escritório pois começo a tossir alto quando como algo apimentado (ou seja, basicamente tudo). Indianos são tipo mexicanos, o que é apimentado para pessoas normais é normal para eles. Algo considerado apimentado na India seria como ácido sulfúrico no Brasil.

Melhor café da manhã já existente!

Melhor café da manhã já existente!

Não tive tempo para turismo ainda. Estou num projeto com deadlines bem apertadas e passarei o fim de semana trabalhando, mas por incrível que pareça, estou muito feliz com isso. Estou aprendendo muitas coisas novas e apesar de estar aqui por 1 semana, já sou tratado como funcionário – já me colocaram pra por a mão na massa e executar partes importantes do projeto, como mapear a jornada do usuário e traduzir visualmente as informações levantadas para apresentar ao cliente segunda feira. Assim que tiver mais tempo irei postar mais a respeito da região!

Anúncios

0 Responses to “India”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Aterro Sanitário

Lixo da Vez - Ronaldo o FENOMENO?!

Oi, queria agradecer ao espaço cedido pelo amigo e também entusiasta da copa, Bocadoogro.
Vocês sabem que eu sempre fui brasileiro desde que nasci no Brasil. Gosto muito do brasil e vou curtir muito assistir a copa do meu telão de cinema na minha casa lá na europa.

Mas vim aqui para um assunto mais importante. Essa palhaçada toda de protesto a respeito de usar dinheiro da copa para fazer hospital. Amigo, repito e disse, não se faz copa com hospital! Precisamos de estádio. Esse dinheiro que foi pro estádio não iria para hospital. Se não fosse pela copa o estádio nem o hospital existiria.

Vocês reclamam de hospital, não entendo! Sempre que fico gripado ou preciso de médico o Sírio-Libânes tá lá de boa. Não entendo essas reclamações. Neste ponto eu apoio meu amigo Pelé, grande sábio. Vamos esquecer essas bobeiras e focar na copa.

Grande abraço para vocês, do Ronaldinho Fenômeno.


%d blogueiros gostam disto: