28
jun
11

Diálogos – Esporos

– Vamos parar por aqui…não dá mais…

– Que?! Como assim?! Do que tu tá falando?!?

– Olha foi bacana te conhecer, mas…já deu…cabou-se. Fica por aqui e por isso.

– Hã?! Mas estamos nos dando tão bem…tá dizendo que tá ruim?!

– Não…mas não vai dar. Simplesmente não vai dar. Eu sou 8 e você 80.

– Como assim?

– Eu sou um cara escroto. Não queira estar comigo. Para você o mundo é colorido e perfumado, pra mim é preto e branco. Não vejo nada de mágico nessa vida. Não consigo ter sua euforia quase transcendental ao ver uma comédia romântica meia boca…achar tudo tão “fofinho” e lindo. Não sou assim. Não consigo aguentar isso.

– …

– Entenda, o problema não é você nem eu. Sim nossos pontos de vista. Nossa maneira de ver o mundo. Conflitos de ideais, interesses, visões, ideologias, enfim, escolha o nome que lhe couber melhor.

– Você não é escroto como diz…para com isso…

– Hahahahahahahaha…você não me conhece. Escroto aqui, tem um significado bem diferente do usual. Se me conhecesse entenderia o que quero dizer quando digo isso.

– …

– Sim. De algum modo eu sou “quebrado”…não sei explicar, mas é o que sou. Estilhaçado, não dá para explicar…o mundo não é um arco-íris e agora, em especial, não posso perder tempo com cores. A vida é ótima como está e as coisas fazem muito mais sentido para mim agora. Tenho segurança aonde piso e de quem sou.

– Eu…

– Adeus.

-…

Anúncios

0 Responses to “Diálogos – Esporos”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Aterro Sanitário

Lixo da Vez - Ronaldo o FENOMENO?!

Oi, queria agradecer ao espaço cedido pelo amigo e também entusiasta da copa, Bocadoogro.
Vocês sabem que eu sempre fui brasileiro desde que nasci no Brasil. Gosto muito do brasil e vou curtir muito assistir a copa do meu telão de cinema na minha casa lá na europa.

Mas vim aqui para um assunto mais importante. Essa palhaçada toda de protesto a respeito de usar dinheiro da copa para fazer hospital. Amigo, repito e disse, não se faz copa com hospital! Precisamos de estádio. Esse dinheiro que foi pro estádio não iria para hospital. Se não fosse pela copa o estádio nem o hospital existiria.

Vocês reclamam de hospital, não entendo! Sempre que fico gripado ou preciso de médico o Sírio-Libânes tá lá de boa. Não entendo essas reclamações. Neste ponto eu apoio meu amigo Pelé, grande sábio. Vamos esquecer essas bobeiras e focar na copa.

Grande abraço para vocês, do Ronaldinho Fenômeno.


%d blogueiros gostam disto: