06
abr
10

Chico e o Espiritismo

Olá pessoal. Páscoa passou, dia de lembrarmos daquele que morreu, lutou e ressuscitou por nós! Qual o nome mesmo…Goku? Não, acho que era um tal de Neo…enfim.

Diante da recente estréia no cinema sobre Chico Xavier resolvi postar minhas considerações acerca do que eu penso do espiritismo, mais especificamente de Chico Xavier. O filme tem feito bastante sucesso. Irei vê-lo em breve.

Quem foi Chico?

Bem, nascido em Minas Gerais, Chico foi uma criança pobre e teve uma infância sofrida. Apanhava dos responsáveis e perdeu a mãe muito cedo. Aparentemente sua mediunidade se manifestou pela primeira vez quando tinha 5-7 anos. Onde conversava/via a mãe (que já estava morta), conversas essas que lhe traziam certo alívio. Mais adiante após psicografar um livro de poesias (um ou mais, não me recordo com exatidão) foi chamado para ocupar uma cadeira na academia brasileira de letras, que recusou, lhe rendendo uma bela surra do pai. Psicografou mais de 200 livros (dos quais afirmava que nunca foram dele) e deixou seguidores, fãs, adeptos pelo Brasil inteiro. Sempre reconhecido pela sua aparência mirrada e voz tranquila, Chico Xavier de fato, foi um tremendo fenômeno.

Espiritismo, Chico e toda essa párra!

Bom de cara deixarei bem claro das inconsistências que são base da doutrina espírita. Reencarnação e Alma ou “espírito”. Nenhuma das duas coisas puderam ser amplamente observadas a ponto de constituírem um fenômeno observável e evidenciado amplamente. O que me intriga é que mesmo assim é tido como verdade absoluta e ponto certo para os espíritas. “Eu acredito pois fulano já incorporou na minha frente e me disse coisas incríveis!” Parabéns! Acontece que mediante a tal situação o que deveríamos cogitar como hipótese? “Bom, ele pode ter acesso a diversas fontes de informação e descobrir muitas coisas a respeito da vida de quem ele quiser.” ou “O MEU DEUS! Meu pai morreu e agora está soprando no ouvido dele tudo isso! Incrível!” Minha postura cética acerca desse tipo de fenômeno (se é que podemos chamar essa tremenda inconsistência de fenômeno) não me convencem e ao meu ver não demonstram porcaria nenhuma.

Reencarnação? O que fez as pessoas que criaram essa doutrina acreditar nisso? De forma resumida – a reencarnação teria como propósito final, termos diversas chances de aprendermos com nossos erros e voltar na terra diversas vezes. Com isso evoluirmos e atingirmos um propósito final. Uma finalidade. Um ponto final, tal qual, não voltaríamos mais.

Agora lhe pergunto – Por qual razão devemos evoluir? Por qual razão surgiu essa idéia de que “todos merecem ser felizes e ter 300000000000 chances, não importa o quão medonhos seres sejam, Jesus ama todos, logo todos terão chances de se redimir e recber o perdão. Não importa o quanto errem até notarem que estão errados. Deus está lá para todos!”

Isso me soa niilista. Nega totalmente nossa realidade, enquanto percepção nossa, uma espécie de conforto pós-vida. Um reforço para que possamos nos sentir confortados, pois no final iremos alcançar o tão almejado perdão e a graça de deus. Me soa conformista, pois mediante a falta de justiça terrena podemos nos deleitar ao dizer “Esse ai pagará uma hora ou outra!” e vivemos nossas vidas. Para mim é fácil entender que temos essa vida somente, portanto devemos vivê-la da maneira mais prazerosa que nos couber. Sem nos preocupar com punições divinas. As pessoas vivem as vezes essa vida mais pensando no “depois” do que no agora. Realmente essa razão não me entra na cabeça. Gostaria de saber quais são as razões REALMENTE fortes, para que possamos ao menos cogitar a reencarnação. Mesmo.

Chico e seus fenômenos.

Existe um grande mistério acerca do Chico, especialmente quando se trata da psicografia. Um homem de baixa escolaridade escrever tantos livros feito ele. Bom existem diversas hipóteses que poderiam explicar boa parte das psicografias (uma delas seria a leitura fria, uma técnica que não estou familiarizado – pretendo pesquisar mais sobre), mas a conclusão que as pessoas chegam mediante todos aqueles livros, sem titubear – Ele recebia informações diretas de espíritos. A tremenda falta de ceticismo nessas questões é algo que me incomoda um bocado.

Quase 700 palavras, irei retomar esse assunto no próximo post. Irei falar mais sobre a psicografia e mais curiosidades acerca do Chico. Abraços!

Anúncios

2 Responses to “Chico e o Espiritismo”


  1. 1 Anônimo
    abril 28, 2010 às 2:35 pm

    Muito bom velho…

    • 2 gilberto frederichi martin
      fevereiro 7, 2013 às 11:10 am

      Parabens pelo texto, tenho pra mim que não tem religião mais nefasta do que o espiritismo, É tão funesta que seus seguidores têm o displante de negarem que é religião mas sim doutrina, tudo para dar ares de ciência. Patético


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Aterro Sanitário

Lixo da Vez - Ronaldo o FENOMENO?!

Oi, queria agradecer ao espaço cedido pelo amigo e também entusiasta da copa, Bocadoogro.
Vocês sabem que eu sempre fui brasileiro desde que nasci no Brasil. Gosto muito do brasil e vou curtir muito assistir a copa do meu telão de cinema na minha casa lá na europa.

Mas vim aqui para um assunto mais importante. Essa palhaçada toda de protesto a respeito de usar dinheiro da copa para fazer hospital. Amigo, repito e disse, não se faz copa com hospital! Precisamos de estádio. Esse dinheiro que foi pro estádio não iria para hospital. Se não fosse pela copa o estádio nem o hospital existiria.

Vocês reclamam de hospital, não entendo! Sempre que fico gripado ou preciso de médico o Sírio-Libânes tá lá de boa. Não entendo essas reclamações. Neste ponto eu apoio meu amigo Pelé, grande sábio. Vamos esquecer essas bobeiras e focar na copa.

Grande abraço para vocês, do Ronaldinho Fenômeno.


%d blogueiros gostam disto: