23
fev
10

Bailarina

Quando ela caminha por tal estrada, sente-se a angústia em seus passos.
Seu rosto calmo, sereno não deixa mostrar, sempre carregando um sorriso.

Ela deveria ter cuidado com o coração. Sente bater, cada fluxo de sangue.
Sente-se renovada, leve, mas a angústia acompanha seus passos.
Sua sombra carrega tal angústia. Por mais que ela corra ou se debata a sua sombra não deixa, seguindo-lhe onde quer que vá.

Qual razão? Subjetiva demais. Não adianta procurar objetividade onde não há. Não tem razão. Difícil aceitar. Apenas é. Ela é. Seu sorriso inexplicável. Apenas é. Sua angústia perseguidora segue seus pés centímetro a centímetro. Apenas é. Ela é.

Magnífico. Admirar a beleza da natureza. Tão solta, seus braços ventania, seus pés como asas traduzem sua incrível leveza, seus sorrisos como o sol, irradiando calor, amor. Impulsionados pela razão de tudo, me pego racionalizando de novo. Inevitável, impossível. Seu coração.

Sua vidinha tão simples, arrastada para fora de seu berço. Barganhada por tão pouco, servindo a propósitos tão medíocres. Tirada de sua linha. Perdida assim, bailarina…

Anúncios

0 Responses to “Bailarina”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Aterro Sanitário

Lixo da Vez - Ronaldo o FENOMENO?!

Oi, queria agradecer ao espaço cedido pelo amigo e também entusiasta da copa, Bocadoogro.
Vocês sabem que eu sempre fui brasileiro desde que nasci no Brasil. Gosto muito do brasil e vou curtir muito assistir a copa do meu telão de cinema na minha casa lá na europa.

Mas vim aqui para um assunto mais importante. Essa palhaçada toda de protesto a respeito de usar dinheiro da copa para fazer hospital. Amigo, repito e disse, não se faz copa com hospital! Precisamos de estádio. Esse dinheiro que foi pro estádio não iria para hospital. Se não fosse pela copa o estádio nem o hospital existiria.

Vocês reclamam de hospital, não entendo! Sempre que fico gripado ou preciso de médico o Sírio-Libânes tá lá de boa. Não entendo essas reclamações. Neste ponto eu apoio meu amigo Pelé, grande sábio. Vamos esquecer essas bobeiras e focar na copa.

Grande abraço para vocês, do Ronaldinho Fenômeno.


%d blogueiros gostam disto: