15
fev
10

Verdade pessoal

Apesar de relativamente novato mediante o assunto já pude constatar algo bem óbvio em relação ateísmo/ceticismo versus teísmo – não existe um lado certo. Por mais que eu goste de achar que o ceticismo é a posição mais racional nesses assuntos, isso não torna meu pensamento real. Verdade não há.

Eu diria que justamente por não sermos capazes de definir “verdade” que nós temos essa possibilidade imensa de tantas. A verdade ateísta, islâmica, espírita, católica, protestante, umbandista e diversas outras. Quem está com a razão afinal? Quem está correto? Quem possui a verdade verdadeira ao seu lado? Perguntas um tanto quanto sem respostas. Isso me deixa um bocado inquieto, dizer assim.

A ciência através de uma metodologia bem eficaz (e seu constante aprimoramento) nos dá uma interpretação da vida e universo como conhecemos. Tece hipóteses, viram teorias e são experimentadas e reforçadas quando o empirismo é positivo.

A religião através de uma literatura bem…antiga (e sua constante manipulação ao longo dos anos) nos dá uma interpretação da vida e universo como conhecemos. Tece dogmas que viram verdades absolutas e são reforçadas pela fé.

Repararam do “universo como conhecemos” para religião? Pois é. Para qualquer teísta o universo e a vida é do jeito que sua crença diz. Portanto para este grupo, isso constitui uma verdade. Isso torna aquilo verdade para aquele grupo. Acontece que não importa o quão forte eles assoprem as velinhas do bolo ao desejar essa verdade, isso não a torna verdadeira.

O ceticismo busca racionalizar essas questões o máximo possível. Se não há nada que indique X, logo X provavelmente não existe. Simples assim. Basearmos nossas crenças em fatos que nos convençam intelectualmente. As evidências descobertas pelo método que julgamos ser o mais correto. Acontece que céticos não lidam com verdades absolutas ou certezas. Sabemos que prudência ao ver estudos e interpretar as coisas é algo importante. Afinal o que não é interpretação?

Por mais que eu saiba que a lei da gravidade dificilmente será interpretada de maneiras discrepantes (como a bíblia é, por exemplo) sei que ela não é para mim como é para o fulano ao lado. Ele tem a interpretação íntima dele dessa lei e seu funcionamento. Acontece que por mais diferente que elas sejam o produto final terá de ser igual. Se eu jogar uma bolinha para cima, tanto para mim quanto para ele – ela cairá. Esse empirismo ao constatar tal experiência é quase que igual para todos. Por qual razão isso não acontece na religião?

Existem milhares de deuses, deusas e suas diversas concepções do universo e origens. Algumas absurdamente diferentes umas das outras, mas todas são “verdades” de acordo com os que as seguem. Por qual razão essas verdades não podem ser demonstradas de uma forma eficiente, a ponto que todos nós possamos acreditar sem exigir um componente “fé cega” ou “passional” qualquer? Essa incapacidade de demonstração que mais me intriga e me leva a concluir quase definitivamente que deus dificilmente existe. Que a verdade que todas as religiões pregam não passam de delírios ou obras literárias mal interpretadas. Creio por que é algo racional? A razão pode ser utilizada para defender a fé? Ao meu ver (o que entendo por razão, lógico) dificilmente…quase impossível. Se reduzirmos a questão a pequenos pedaços, chegará a tal ponto que não teremos resposta. A pergunta clássica que nunca obteve uma resposta satisfatória e inteligente o bastante – Quem criou o criador?

Não sou muito diferente de um religioso em alguns pontos. Aliás um evangélico pode se dizer ateu em relação a Zeus, Alá ou qualquer entidade que não pertença ao seu credo. A minha diferença para um evangélico é que eu simplesmente acredito em um deus a menos do que ele. Para todo resto somos todos ateus…

Anúncios

0 Responses to “Verdade pessoal”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Aterro Sanitário

Lixo da Vez - Ronaldo o FENOMENO?!

Oi, queria agradecer ao espaço cedido pelo amigo e também entusiasta da copa, Bocadoogro.
Vocês sabem que eu sempre fui brasileiro desde que nasci no Brasil. Gosto muito do brasil e vou curtir muito assistir a copa do meu telão de cinema na minha casa lá na europa.

Mas vim aqui para um assunto mais importante. Essa palhaçada toda de protesto a respeito de usar dinheiro da copa para fazer hospital. Amigo, repito e disse, não se faz copa com hospital! Precisamos de estádio. Esse dinheiro que foi pro estádio não iria para hospital. Se não fosse pela copa o estádio nem o hospital existiria.

Vocês reclamam de hospital, não entendo! Sempre que fico gripado ou preciso de médico o Sírio-Libânes tá lá de boa. Não entendo essas reclamações. Neste ponto eu apoio meu amigo Pelé, grande sábio. Vamos esquecer essas bobeiras e focar na copa.

Grande abraço para vocês, do Ronaldinho Fenômeno.


%d blogueiros gostam disto: