01
dez
09

O que é o amor?

Olá pessoal! Finalmente com um certo alivio venho postar um dos grandes motivos de minha ausência! O vídeo que fizemos para o nosso trabalho de sociedade e cultura.

O vídeo aborda o tema sujeito X amor. Baseado na teoria do Sujeito Fragmentado e suas múltiplas identidades conflitantes.

O vídeo irá falar sobre o amor, narrando o mito de Aristófanes e uma história, indo desde a década de 40 até anos 90. Passando por estas fases e mostrando um pouco a mudança da concepção e idéia de amor! Espero que gostem!

Abaixo seguem os créditos desse esforço em conjunto. Abraços a todos!

Clara Spinelli – Modelo, figurino e risadas descontroladas no estúdio.

Delmo Sobral – Roteiro, narração, pesquisa iconográfica e cafézinho nas horas vagas.

Elissa Lopes – Storyboard, edição de imagens, fotografia, figurino e eventuais desesperos de madrugada.

Felipe Gomes – Roteiro, história, som, edição do vídeo e “Calma pessoal!”

Júlio – Fotografia.

Anúncios

2 Responses to “O que é o amor?”


  1. dezembro 1, 2009 às 6:43 pm

    Gostei!
    O sujeito contemporâneo não me agrada muito!
    =]
    mas as definições ficaram ótimas, o vídeo ficou ótimo!
    =]
    parabéns amigos!

  2. dezembro 2, 2009 às 2:06 pm

    Ahh tá, agora eu entendi tudo 🙂


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Aterro Sanitário

Lixo da Vez - Ronaldo o FENOMENO?!

Oi, queria agradecer ao espaço cedido pelo amigo e também entusiasta da copa, Bocadoogro.
Vocês sabem que eu sempre fui brasileiro desde que nasci no Brasil. Gosto muito do brasil e vou curtir muito assistir a copa do meu telão de cinema na minha casa lá na europa.

Mas vim aqui para um assunto mais importante. Essa palhaçada toda de protesto a respeito de usar dinheiro da copa para fazer hospital. Amigo, repito e disse, não se faz copa com hospital! Precisamos de estádio. Esse dinheiro que foi pro estádio não iria para hospital. Se não fosse pela copa o estádio nem o hospital existiria.

Vocês reclamam de hospital, não entendo! Sempre que fico gripado ou preciso de médico o Sírio-Libânes tá lá de boa. Não entendo essas reclamações. Neste ponto eu apoio meu amigo Pelé, grande sábio. Vamos esquecer essas bobeiras e focar na copa.

Grande abraço para vocês, do Ronaldinho Fenômeno.


%d blogueiros gostam disto: