22
out
09

Coexistir – Ateísmo

Ateísmo

Ateus por definição são pessoas que não crêem em Deus ou Deuses. Essa definição por si só deixaria claro o que um Ateu é. Aparentemente essa definição deixa margem para diversas interpretações negativas e preconceituosas.

Uma pesquisa feita pelo IBGE em 2000 ¹ mostra que o número de Ateus no Brasil vem crescendo em um ritmo acelerado. Isso indica que Ateus não são uma parcela ínfima da sociedade e que compõem, numerosamente, uma parcela significativa.

O preconceito mais comum contra o Ateu é sua moral/ética serem possivelmente duvidosas ou “flexíveis demais”. A origem deste preconceito é que para grande parte das religiões moral e ética são baseadas em livros sagrados. A bíblia por exemplo. Ateus não possuem livros ou mandamentos, mas são tão capazes de desenvolver uma moral e conduta quanto um católico. Nada impede um Ateu de praticar bons atos ou ser caridoso, isso independe de religião. Preconceitos um pouco menos difundidos, mas tão perigosos quantos são que Ateus não tem “alma”, não possuem senso de justiça ou são pessoas perdidas e profanadoras de tudo que é sagrado em geral, por não aceitarem um criador maior para justificar nossa existência.

Obviamente dizer como este preconceito afeta a sociedade seria redundante, visto que preconceitos não contribuem em nada, além de separatismo social.

A imagem a princípio foi um pouco difícil de ser trabalhada, pois como representar um Ateu? A maioria dos símbolos existentes são referentes à ciência ou ao evolucionismo de Darwin. Evidência maior que Ateísmo não necessariamente está relacionado com a ciência dá-se ao fato que inúmeros cientistas possuem religião.

A imagem traz consigo um conceito simples. Utilizando-se bonecos como representação de uma pessoa e estampadas em suas camisas os símbolos de suas crenças. As religiões escolhidas foram Judaísmo e Cristianismo. O boneco do centro com a camisa sem estampa representa exatamente a falta de crença de um Ateu. Nada melhor que a não utilização de símbolos para representar o Ateu, a nível de descrença.

Um círculo envolve os três bonecos, com o intuito de passar união. Assim como na matemática esse símbolo funciona como agrupador de elementos. A utilização do círculo evidencia a idéia da coexistência, crentes e não crentes no mesmo grupo.

Por estar trabalhando simbologias simples, resolvi utilizar preto e branco, visto que cores só iriam adicionar mais informação visual, o que não seria necessário. Uma frase curta, mas de impacto foi utilizada para rápida assimilação da idéia da imagem, facilitando a associação de Ateu com o boneco do meio, com a camisa sem estampa.

Anúncios

6 Responses to “Coexistir – Ateísmo”


  1. outubro 23, 2009 às 12:41 pm

    Muito bom o desenho, parabéns.

  2. março 19, 2010 às 11:25 am

    Cara posso usar sua foto no meu blog???
    Agora estou pedindo oficialmente.
    Abraço!!!

  3. abril 3, 2010 às 10:36 am

    Fino. Repliquei em meu blogue, com os devidos créditos!

  4. 4 claudio cordeiro
    julho 13, 2010 às 8:00 pm

    é meio dificil mas com certeza o simbolo diz tudo, pena que eles não conseguem entender, não vou negar que fico no armario grande parte de meu tempo, sendo prestador de serviço tenho de me manter calado, quando me digo ateu tentam até passe evangelico

  5. dezembro 2, 2012 às 5:21 pm

    Não consigo ver vídeos de teístas no Youtube.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Aterro Sanitário

Lixo da Vez - Ronaldo o FENOMENO?!

Oi, queria agradecer ao espaço cedido pelo amigo e também entusiasta da copa, Bocadoogro.
Vocês sabem que eu sempre fui brasileiro desde que nasci no Brasil. Gosto muito do brasil e vou curtir muito assistir a copa do meu telão de cinema na minha casa lá na europa.

Mas vim aqui para um assunto mais importante. Essa palhaçada toda de protesto a respeito de usar dinheiro da copa para fazer hospital. Amigo, repito e disse, não se faz copa com hospital! Precisamos de estádio. Esse dinheiro que foi pro estádio não iria para hospital. Se não fosse pela copa o estádio nem o hospital existiria.

Vocês reclamam de hospital, não entendo! Sempre que fico gripado ou preciso de médico o Sírio-Libânes tá lá de boa. Não entendo essas reclamações. Neste ponto eu apoio meu amigo Pelé, grande sábio. Vamos esquecer essas bobeiras e focar na copa.

Grande abraço para vocês, do Ronaldinho Fenômeno.


%d blogueiros gostam disto: